Torcida organizada reclamou das dificuldades para obter o visto de entrada no Japão para assistir os dois jogos do Santos

copa_toyota2011Cerca de 70 pessoas integrantes da Torcida Jovem do Santos das sub-sedes do ABC, São José dos Campos e Santos acompanham a equipe no Mundial de Clubes da Fifa. Ao término da vitória da equipe paulista sobre o Kashiwa Reysol, alguns membros aproveitaram o contato com a mídia para expor a indignação em relação à burocracia enfrentada para adquirir o visto para a viagem ao Japão.

“Passamos uma dificuldade tremenda para adquirir o visto. Muita gente não veio porque o consulado exigia renda de 40 mil reais numa conta. Só viemos porque realmente tivemos condições. Mas era para ter muito mais gente conosco”, reclamou Hamilton Silva. Gilberto Domânico conta que outra cobrança do consulado foi uma carta de garantia do clube se responsabilizando pelos torcedores. “Foi somente graças a esse documento que conseguimos tirar o visto de 15 dias”, relata.

“Qualquer torcedor brasileiro que veio pra cá tinha o único interesse de ver o seu time jogar e depois voltar pra casa. Ninguém quer ficar por aqui. Viemos unicamente para turismo e percebemos que Japão está atrasado nessa área”, completou Silva.

Independente da irritação com os trâmites da viagem, na arquibancada a torcida fez bonito e empurrou o time com bateria, bandeiras, faixas espalhadas e gritos de guerra. “Viemos para trazer a alegria do povo brasileiro”, diz Donânico que saiu otimista com a vitória por 3 a 1. “Vamos esperar o adversário e fazer a mesma festa em Yokohama”, finalizou.
Fonte: IPC Digital