O governo também planeja adicionar outros tipos de visto à novidade

visto eletronico

O governo japonês vai introduzir um sistema eletrônico para pedidos de visto de turista a partir de abril de 2020, em um esforço para ajudar a atingir sua meta de 40 milhões de visitantes até aquele ano, informou a agência de notícias Kyodo neste domingo (14).

O sistema online estará disponível primeiramente para turistas chineses para pedidos de visto de entrada única e depois para viajantes de outros países, disse uma fonte do governo.

Vistos de turistas para visitantes chineses representaram quase 60% de todas as permissões emitidas em 2017, segundo o Ministério das Relações Exteriores.

O governo planeja adicionar outros tipos de visto ao novo sistema.

O visto eletrônico deve simplificar o processo de inscrição, reduzir a carga de trabalho nas missões diplomáticas e reforçar o controle de imigração, já que os dados sobre turistas serão compartilhados com as companhias aéreas antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio em 2020.

Os visitantes poderão solicitar vistos de turista online por meio de agências de viagens.

O Japão teve um recorde de 28,7 milhões de visitantes estrangeiros em 2017, um aumento de 19,3% em relação ao ano anterior, e os gastos com turismo no ano passado aumentaram 17,8%, para um recorde histórico de 4,42 trilhões de ienes.

O governo está buscando impulsionar o turismo como um pilar de sua estratégia de crescimento e o objetivo é aumentar o número de visitantes para 40 milhões até 2020 e 60 milhões até 2030.

Os visitantes chineses têm sido a maior fatia de turistas estrangeiros no Japão. Uma pesquisa recente mostrou que a visão do povo chinês sobre o Japão melhorou depois de anos de deterioração das relações por causa de uma disputa territorial e do histórico de guerra.
Fonte: Alternativa

Anúncios