You are currently browsing the category archive for the ‘Não categorizado’ category.

yonsei.fw

TÓQUIO- (parlamento japonês) O primeiro-ministro Shinzo Abe mencionou que quer estudar a possibilidade de conceder o visto para descendentes de japoneses de quarta geração (nikkei Yonsei 日 系4 世), informou a emissora pública japonesa NHK.

Até o prezado momento, o visto tem sido concedido aos descendentes de japoneses de segunda e terceira geração (Sansei). “Quando fui para a América do Sul Eu podia sentir o Nikkei manter essa relação especial com o Japão e acho que devemos responder a esse sentimento positivamente sobre o tipo de apoio a eles e também estudar o a emissão do visto (long term resident) teijuusha 4 geração de nikkey “, disse o premiê japonês.

Abe visitou vários países da América Latina em uma turnê realizada em 2014, na época, ele visitou o México, Trinidad Tobago, Colômbia, Chile e Brasil. No ano passado ele visitou Peru e Argentina e em todos os casos se reuniu com as comunidades nikkeis deste paises.

Fonte:NHK

Anúncios

A retirada do valor deve ser feita por meio da apresentação de formulário preenchido, além de documentação específica

fgts

Os brasileiros que moram no exterior, incluindo Japão, também podem solicitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), sem necessidade de voltar ao Brasil.

A retirada do valor deve ser feita em um consulado do governo brasileiro, com a apresentação do formulário Solicitação de Saque do FGTS preenchido, além da documentação (original e cópia) que comprova o direito à movimentação da conta vinculada. Importante: a Solicitação de Saque do FGTS somente deve ser assinada na presença do representante consular.

O formulário e a lista de documentos exigidos, além dos endereços dos consulados que recebem as solicitações, podem ser encontrados no site do FGTS.

O valor só poderá ser creditado em conta bancária da Caixa ou outra instituição no Brasil que seja de titularidade do trabalhador. Entretanto, se ele não tiver mais conta no País, pode indicar alguém de confiança. Caso todas as exigências tenham sido atendidas, a quantia será liberada em até 15 dias úteis após a entrega da documentação.

Para conferir o extrato, o trabalhador pode acessar o site da Caixa ou, com a ajuda de alguém em território nacional, solicitar extrato nas agências da Caixa por meio de procuração feita para esse fim pelo titular da conta.

Quem tem direito
Para sacar o FGTS, o trabalhador precisa atender a algumas condições básicas, como ter tido o contrato de trabalho rescindido pelo empregador, sem justa causa; ter extinção normal do contrato de trabalho a termo; aposentadoria concedida pela Previdência Social; permanência do trabalhador por três anos ininterruptos fora do regime do FGTS e permanência da conta vinculada por três anos ininterruptos sem crédito de depósito, para afastamento ocorrido até 13 de julho de 1990.

Acordo internacional
O saque em consulados é fruto de parceria entre a Caixa e o Ministério das Relações Exteriores, lançada em 2010, em Nagoia (Aichi). Nos anos seguintes, outros consulados nos Estados Unidos e na Europa passaram a disponibilizar o serviço.

Até 2016, já foram feitos mais de 11,3 mil saques no exterior, total de aproximadamente R$ 230,4 milhões. Neste ano, a maior quantidade de retiradas foi feita nos países das Américas: foram 1.245 saques, que somaram R$ 35,9 milhões.
Fonte: Alternativa

16/05/2017 – Nesta terça-feira não haverá liberação de visto para o Japão de sansei (pessoas da terceira geração) nem os cônjuges no consulado japonês de São Paulo. Por favor, não comprem passagem  nem firmem compromisso com o Japão antes de ter o passaporte com o seu visto japonês visto em mãos.

O consulado japonês de São Paulo banner sanseiesta demorando para entregar o visto para quando o descendente é sansei (terceira geração), até meados de maio de 2012 eles estavam atrasando uma ou duas semanas a devolução do passaporte e isso chegou a ser resolvido em meados de junho do mesmo ano, porém em junho de 2016 começou os atrassos constantes de visto e isso tem atrapalhando muito a vida das pesoa que prentendem ir o mai rapidamente possivel par aproveitar a ma´re de vagas que o mercado japonês tem oferecido aos estrangeiros.

  Temos recebido ligações de passageiros que solicitaram visto japonês por  meio de agências ou promotores de sua confiança que não tem mais o que responder devido a demora na entrega do referido visto, e alguns comentam que chegam a ligar no consulado para obter uma resposta mas o consulado informa que não tem posição sobre o assunto, algumas pessoas chegaram a comentar que tem alguma ligação com a  ajuda que o governo japonês deu na época da crise financeira mundial, e acreditam que o consulado esta averiguando a situação dessas pessoas no Japão para depois ser liberado, mas nem todos pegaram ajuda e ficam na dúvida da demora na resposta do consulado.

Existem empresas no Japão que estão esperando os passageiros chegarem e começarem a  trabalhar porém com este atraso acaba retardando o processo de colocação do funcionário e consequentemente este deixa de ter a vaga que era certa.

Ninguém sabe até quando vai durar mas o consulado poderia reconsiderar a reemissão do visto no período correto de 6 semanas, já que em outubro de 2013 foi liberato inclusive o retorno do pessoal que pegou este benefício de 300 mil yenes.

 

Cori Passos
www.vistojapones.com.br
cori@vistojapones.com.br

Categorias

twitter.com/vistojapones

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031