You are currently browsing the tag archive for the ‘imigrantes’ tag.

Plataforma gratuita oferece milhares de documentos e fotos de imigrantes que entraram no país a partir de 1902

imigrantes-japoneses

A plataforma gratuita “FamilySearch” vem emocionando internautas com a possibilidade de encontrar gratuitamente registros e fotos dos antepassados estrangeiros que imigraram ao Brasil entre 1902 e 1980.

Os documentos são desde entradas no país até registros relacionados ao óbito e aos familiares dos estrangeiros. Há dados digitalizados de pessoas de diversas nacionalidades e um acervo completo com informações de imigrantes japoneses, principalmente no estado de São Paulo.

A imigração japonesa no Brasil iniciou oficialmente em junho de 1908, quando o navio Kasato Maru saiu do porto de Kobe (Hyogo) rumo a São Paulo, com 781 japoneses a bordo. A data de inicio de imigração está dentro das possibilidades do acervo, o que permite encontrar informações também dos primeiros imigrantes.

A organização e digitalização dos arquivos foi realizada pela Igreja Mórmon, com o objetivo de conectar pessoas aos seus antepassados e reestabelecer ligações e laços familiares.

Para realizar a busca, basta colocar o nome, sobrenome ou qualquer outra informação do antepassado, como local que morou no Brasil ou local de origem. O sistema mostra também nomes similares na lista, o que permite encontrar informações facilmente mesmo que a grafia esteja incorreta.

Acesse a plataforma pelo link: familysearch.org/search
Fonte: Alternativa

Prefeito de Ota diz que vai faltar mão de obra nas fábricas.

Prefeito Masayoshi ShimizuA cidade de Ota, em Gunma, vai pedir em outubro ao governo central para moderar a Lei de Imigração para atrair mais imigrantes para a cidade, disse o prefeito, Masayoshi Shimizu.

Segundo o jornal Mainichi, um dos motivos é o retorno maciço dos brasileiros após a crise financeira em 2008. Atualmente moram em Ota 2752 brasileiros, mas em março de 2009 eram 4.043 pessoas.

Além disso, outra política que provocou despovoamento acelerado de estrangeiros ocorreu em abril de 2009, quando o governo japonês começou a dar 300.000 ienes (US $ 3.000) para nikkeis brasileiros e peruanos que queriam voltar para seu país de origem. Com esta política, chamado de Ajuda para o Retorno, ou Kikoku Shien, 21.675 pessoas deixaram o Japão até abril de 2010. O governo japonês gastou cerca de US$ 70 milhões, segundo o relatório do Ministério do Trabalho, responsável pela "ajuda".

O plano do prefeito Shimizu é criar uma área especial na cidade, onde os imigrantes ou estudantes estrangeiros possam trabalhar fora das áreas permitidas por cada tipo de visto.

"O governo central quer incentivar as empresas a investir mais em máquinas e equipamentos no Japão, mas não há um número suficiente de trabalhadores disponíveis. O Governo deve pensar em garantir a mão de obra no país", disse Shimizu.

Ota faz parte do grupo de Cidades com maior imigrantes ou Gaikokujin Shuju Toshi Kaigi, cuja próxima reunião será realizada em novembro.
Fonte: IPC Digital

Categorias

twitter.com/vistojapones

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031