You are currently browsing the tag archive for the ‘Cori Passos’ tag.

CERTIDÃO DE UNIÃO ESTAVEL ou CERTIDÃO DE CASAMENTO? O QUE USAR PARA TIRAR O VISTO JAPONES?

certidao de casamentopara o blog

É muito comum no Brasil os casais fazerem a Certidão de União Estável ao invés de fazer a própria certidão de casamento, porque legalmente falando esta certidão garante os mesmos direitos  civis que a certidão de casamento, ambas são reconhecidas pelo governo como oficiais, e de fato são. Mas se são oficiais, por que o consualdo japones não aceita apenas a Declaração de União estável para solicitar o visto de casais que vão a trabalho no Japão?

Simples, o consulado não reconhece este documento como oficial, o único documento que eles aceitam é a certidão de casamento para mostrar/provar o tempo de vínculo do casal. Que erroneamente informam que é um ano o tempo médio que o casal deve estar junto para poder solicitar o visto.

No Brasil casar desta forma é muito comum porém é muito mais barato que a certidão de casamento convencional, mas isso não desfaz a força deste documento perante a legislação brasileira.

Os consulados do Japão, deveria rever estas condições eles devem realmente aceitar o que for oficial do governo brasileiro, mas isso dificilmente deve ser aceito enquanto o governo brasileiro não posicionar o consulado sobre isso *isso nem deveria ser necessário afinal essa informação é publica*. Afinal nesta Declaração de  União Estável esta escrito e reconhecido perante o cartorio a seguinte: “declaramos, sob as penas da Lei, que convivemos em união estável, de natureza familiar, pública e duradoura, nos termos dos artigos 1.723 e seguintes do Código Civil Brasileiro, Título III – “Da União Estável”. Declaramos, ainda, que estamos cientes das penas previstas no Art. 299 do Código Penal Brasileiro, caso seja comprovada a falsidade nesta declaração.”

Portanto, hora do consulado rever suas regras.

Cori Passos
cori@vistojapones.com
www.vistojapones.com.br

Se for cônjuge de nissei (filho de japonês) ou sansei(neto de japonês) não pode entrar no Japão sem o descendente, salvo em algumas situações.

excluiosaporraExistem muitas duvidas sobre a entrada do estrangeiro/brasileiro sem descendência na entrada no Japão sem a parte descendente, porque para entrar no Japão p brasileiro conjuge, precisa do visto de dependente (como o nome já diz) este é dependente da parte descendente desde o momento de solicitar o visto, por isso a parte descendente assina a carta de garantia para ser responsável pelo cônjuge no Japão e cuidar para que este obedeça as leis japonesas. Ora mas se eu possuo o visto japones, não posso entrar sozinho no território japonês? Não, não pode inocente, porque a parte descendente funciona como se fosse o seu responsável, dessa forma tem que estar na companhia dela.

Mas existe alguma possibilidade de entrar no Japão?

Sim. quando o conjuge descendente esta no Japão  e a parte não descendente vai ao Brasil, ao retornar ao Japão com o re-entry, este passa normalmente pela imigração japonesa porque o cônjuge está em território japonês. Caso o re-entry tenha sido solicitado na imigração entao o carimbo é semelhante ao carimbo ao lado e vale pelo periodo de validade do visto japones, e se o re-entry for  do aeroporto que é solicitado na saída do Japão, sem custo, a permanencia no brasil é de apenas um ano.

ATENÇÃO:  a entrada da parte nao descendente no Japão sem o conjuge é possível entrar por alguma falha na imigração, já houve casos de entrada, porém quando houver uma nova solicitação de visto no Braisl, ou na hora da renovação do visto na imigração japonesa o casal irá explicar o motivo de ter entrado sem a parte descendente.

Caso tenham duvidas, fiquem a vontade para mandar e-mail ou whast app.

Cori Passos
cori@vistojapones.com.br
www.vistojapones.com.br

FACEBOOK
https://www.facebook.com/agenciashigoto

banner yonsei 4

O visto de Yonsei (特定活動 tokutei katsudo) foi liberado em 2018, porém as dúvidas para quem pode ser o garantidor (tutor) desde requerente de visto são longas, abaixo tem um pequeno descritivo de quem pode ser o Tutor do descendente de quarta geração que pode dar entrada no certificado de elegibilidade para o visto de atividades específicas.

QUEM PODE SER O TUTOR/GARANTIDOR PARA YONSEI?

  • Ter visto permanente ou ser japonês (issei)
  • Qualquer pessoa, brasileiro sem descendência ou nikkey.
  • Estar trabalhando e ter emprego estável
  • Estar com os impostos em dia
  • Ter três ultimos holerites
  • Pode ser parente ou amigo ou qualquer pessoa da lista publica que a imigração *NÃO* divulgou ainda. *se encaixando nos critérios acima tudo bem* .

Qualquer dúvida, envie e-mail

Cori Passos

cori@vistojapones.com


Sim, pode ser uma boa noticia, para muitos, o governo japonês tem sinalizado que pode haver uma liberação *com muitas restrições* do visto japonês para quem tem a quarta geração da descendência japonesa, porém algumas restrições tem deixado boa parte dos descendentes que aguardava ansiosa por esta liberação de cabelo em pé. A liberação que provavelmente será aprovada, é para o descendente yonsei que tem menos de trinta anos, que tenha um conhecimento da língua japonesa e os que já são casados, não pode levar os seus cônjuges, como acontece hoje como o nissei e sansei (filho e neto de japonês).  Para muitos esta situação pode se resolver mais pra frente, quando o Japão resolver se acostumar com a chegada dos primeiros yonseis no solo nipônico, mas ninguém quer esperar sentado, querem ir agora e com o limite de idade, que é de 30 aumentado ou excluído, já que muitos yonseis tem mais de 30 anos e tem inclusive filhos de quinta geração.
Banner Yonsei3
O formulário abaixo é para coletar o máximo possível de pessoas para que o governo japonês entenda que o perfil do yonsei hoje não só no Brasil mas no mundo onde tem colonia japonesa, é de adultos e não apenas de estudantes como talvez eles imaginem.

Preencha o questionário abaixo.

P.S. O IDEAL MESMO SERIA O GOVERNO JAPONÊS CONSIDERAR A LIBERAÇÃO DO VISTO PARA YONSEI COMO FAZ PARA AS GERAÇÕES ACIMA, PORQUE O PRÓPRIO JAPÃO HOJE SOFRE COM FALTA DE MÃO DE OBRA, E SUA GRANDE QUANTIDADE DE IDOSOS QUE FAZ TER MAIS DEPENDENTE ATIVO QUE CONTRIBUINTE, COM A   ENTRADA DA QUARTA GERAÇÃO O JAPÃO TERIA TRABALHADORES PARA SUPRIR SUA NECESSIDADE NA INDUSTRIA E AO MESMO TEMPO CONTRIBUINTES PARA FECHAR AS CONTAS COM OS APOSENTADOS.

Cori Passos
cori@vistojapones.com


Sabia que em alguns os casos descendentes de japonês de quarta geração (yonsei) podem subir uma geração e se tornar terceira (sansei)?

SANSEI OU YONSEI

Existe muita especulação em cima da liberação do visto de longa permanencia para quem é descendente de japonês de quarta geração, porém existem casos em que este descendente mesmo sendo (yonsei)  se torna sansei, ou seja, elegível ao tão sonhado visto de trabalho no Japão, mas não existe quase nenhuma informação sobre isso.

  • A primeira possibilidade é para quem tem os avôs que nasceram no Brasil até novembro de 1924 sendo filho de japonês nato pode pedir ao consulado para “subir uma geração”. (explicarei detalhes em outro post)

  • A segunda posssibilidade é quem tem o avô ou avó que mesmo sendo nascido no Brasil depois da data acima, mas que tenha sido registrado no Consulado do Japão no Brasil até três meses após o nascimento, pode ser considerado sansei, por que? Porque todo filho de japonês nascido no brasil e registrado no consulado até três meses após o nascimento se torna dupla nacionallidade, fazendo com que o yonsei se torne, sansei.

Claro que para se conseguir transformar a sua geração em sansei tem que começar a mexer em documentos e isso gera custos, por isso, se informe primeiro antes de sair gastanto dinheiro sem garantias de resultado positivo.

Boa sorte

Cori Passos
cori@vistojapones.com.br

02 e 03/09/2019 – Nesta segunda-feira e terça feira não haverá liberação de visto para o Japão de sansei (descendentes de japonês da terceira geração) no consulado japonês de São Paulo. Por favor, não comprem passagem  nem firmem compromisso com o Japão antes de ter o passaporte com o seu visto japonês em mãos. O consulado está atrasando emissão de visto para o Japão constantemente, como se todos não contassem com esta liberação na data programada.

Já teve liberação de visto de yonsei com muitas restrições e a possível libração de vistos para asiáticos e o consulado não emite sequer os vistos aqui do Brasil, a 6 anos atrás começou estes atrasos e o consulado nega a existência dele.

O consulado japonês de São Paulo esta demorando para entregar o visto para quando o descendente é sansei (terceira geração), até meados de maio de 2012 eles estavam atrasando uma ou duas semanas a devolução do passaporte e isso chegou a ser resolvido, em meados de junho, porém em julho a quantidade de vistos que o consulado esta demorando para entregar é bastante grande.

  Temos recebido ligações de passageiros que solicitaram visto japonês por  meio de agências ou promotores de sua confiança que não tem mais o que responder devido a demora na entrega do referido visto, e alguns comentam que chegam a ligar no consulado para obter uma resposta mas o consulado informa que não tem posição sobre o assunto, algumas pessoas chegaram a comentar que tem alguma ligação com a  ajuda que o governo japonês deu na época da crise financeira mundial, e acreditam que o consulado esta averiguando a situação dessas pessoas no Japão para depois ser liberado, mas nem todos pegaram ajuda e ficam na dúvida da demora na resposta do consulado.

Existem empresas no Japão que estão esperando os passageiros chegarem e começarem a  trabalhar porém com este atraso acaba retardando o processo de colocação do funcionário e consequentemente este deixa de ter a vaga que era certa.

Ninguém sabe até quando vai durar mas o consulado poderia reconsiderar a reemissão do visto no período correto de 6 semanas, já que em outubro de 2013 foi liberado inclusive o retorno do pessoal que pegou este benefício de 300 mil yenes.

Atualmente o visto de yonsei para atividades específicas foi liberado e ainda assim, o Consulado Geral do Japão em São Paulo mantém este atraso inexplicável do visto das pessoas que são de terceira geração.

Cori Passos
www.vistojapones.com.br
cori@vistojapones.com.br

Categorias

twitter.com/vistojapones

dezembro 2019
S T Q Q S S D
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d blogueiros gostam disto: